Harley e BMW

Pacotes de viagem de moto premium pela região sul do Brasil

A operadora de turismo paranaense BWT se uniu à Phoenix Rentals e passa a oferecer pacotes de viagem com aluguel de motos de diversos modelos da Harley-Davidson e BMW. Os passeios são segurados, acompanhados por um guia e carro de apoio, tornando a viagem mais tranquila.

| Postado por Twitter Google+


Phoenix Rentals Curitiba

Fomos conferir um desses passeios até Florianópolis, partindo de Curitiba tendo como destino o Resort Costão do Santinho que fica na região norte da Ilha de Santa Catarina. Em um grupo de 6 motos, sendo 5 modelos da Harley-Davidson e uma BMW.

Logo na saída da locadora, sem nenhum ensaio os pilotos já seguiam em uma formação conhecida por viajantes motociclistas como “bonde”, onde o puxador (guia) determina o ritmo, escolhe um lado da faixa para rodar, e todos os demais posicionam-se em diagonal em relação ao companheiro da frente.

Com previsão de chuva forte na serra, decidimos sair todos devidamente encapados para não precisar parar no acostamento da estrada, mas para nossa sorte enfrentamos apenas uma garoa leve e a viagem seguiu tranquila, com uma parada rápida para abastecer e dar uma alongada nas pernas.

Essa foi minha primeira oportunidade de pilotar motos de altíssima cilindrada modelos Touring. Mesmo já tendo viajado muito de moto pelo Brasil e alguns países como Paraguai e Argentina, essa experiência foi diferente, pois foi a primeira vez que eu viajei em grupo, com carro de apoio e moto reserva. Aproveitei a chance e dividi o roteiro de quase 700km, usando 3 motos diferentes: Electra Glide Limited e Road King da Harley-Davidson e F 800 GS da BMW. Vou detalhar a seguir minha impressões sobre cada uma delas.

Harley-Davidson Electra Glide LimitedViagem de Moto BWT Florianópolis
É o modelo mais completo da família Touring, conta com sistema de áudio com alto-falantes para o piloto e passageiro, manoplas aquecidas, piloto automático, baús para bagagem e banco do passageiro com encosto para as costas. Motor de 1700 cilindradas que chega até 67 cavalos de força, câmbio de 6 marchas. Rodamos com ela na ida de Curitiba para Floripa, passando por um trecho curto de serra, bem sinuoso por sinal, e montado nesse modelo que pesa mais de 400kg, as curvas não deram nenhum trabalho em média velocidade, ela permite uma inclinação suave mas em baixa fica difícil segurar aquele peso todo. A minha percepção foi de que essa moto foi projetada pra rodar em estradas de boa qualidade, com fluxo rápido, o que é um pouco difícil de encontrar aqui no Brasil. A máquina é fantástica, levei um CD repleto de MP3 pra curtir o som dela e me diverti bastante, a qualidade do som fica perfeita até 110 Km/h. Também testei o piloto automático, que é ativado em um botão ao lado da manopla do acelerador, feito isso a moto mantém a velocidade constante e você pode cruzar os braços literalmente. Para desarmar o piloto automático basta dar um toque no freio ou acelerador.
Definitivamente não é um modelo para iniciantes, devido ao seu peso e força que pode assustar um pouco, mas com certeza é a melhor para o garupa, que além de ir curtindo um som, desfruta a viagem sentado em uma enorme “poltrona”.

Harley-Davidson Road King
Essa moto tem o estilo bem Clássico das HD (Harley-Davidson), inclusive com para-brisa típico daqueles modelos usados por policiais nos filmes americanos. Ela conta com o mesmo motor da Electra Glide, porém com a metade do peso, permitindo muito mais agilidade e uma aceleração bem rápida. Os freios ABS passam mais segurança, e a posição de pilotagem é bem confortável.
Minha única observação em relação a essa moto é sobre o câmbio, que é praticamente impossível encontrar o ponto neutro com ela parada (típico das HD), e também um pouco barulhento assim como o da Electra, ao trocar de marcha parece que você até quebrou alguma coisa no motor, mas depois de poucas trocas eu me acostumei com isso, e até comecei a gostar. Parado em um dos pedágios, um menino me olhava admirado pela janela no banco traseiro de um carro, quando engatei a primeira marcha e a moto fez aquele estralo ele abriu um sorriso enorme, foi ai que comecei a curtir de verdade aquilo.

BMW F 800 GS
Sou um motociclista que viaja usando modelos trail ou big-trail, e pra mim fica até difícil escrever sobre essas motos sem ser muito tendencioso. Meu estilo definitivamente é esse, e me senti em casa nessa BMW. Essas motos permitem uma viagem confortável em qualquer tipo de terreno, tanto asfalto quanto terra, e a postura de pilotagem é bem ereta com as pernas mais na vertical, permitindo muita agilidade e controle total da moto caso precise desviar de um obstáculo, mesmo se estiver em alta velocidade.
Foi a única moto do grupo que viajou sem bagageiro, e isso obviamente facilita na mobilidade, mas com a potência dessa GS, você pode pendurar uns baús laterais e viajar bem equipado, além de deixar a moto mais estilosa e estradeira.

Independente do modelo usado, viajar de moto é sempre uma aventura à parte, pois você passa a fazer parte da paisagem, aproveita e curte muito o caminho, não só o destino. Fizemos sucesso nos pedágios e semáforos por todo caminho, e provavelmente inspiramos muitas pessoas a fazer uma aventura dessas.

Viagem de Moto BWT e Phoenix RentalsOs pacotes de viagem de moto oferecidos pela BWT tem destinos variados e oferecem saídas de Curitiba para Florianópolis, Serra Gaúcha, ou Foz do Iguaçu, incluem locação de moto por sete, quatro ou três dias e hospedagem em hotéis pelo trajeto escolhido. Os valores variam de R$ 857 até R$ 2.385 por pessoa. Outra opção é a diária que custa R$ 380 com o seguro incluso.

Mais informações e reservas: www.bwtoperadora.com.br e no (41) 3888-3499.

Artigos Relacionados:

As 10 motos mais caras do Brasil e algumas curiosidades!
Harley-Davidson fará 110 anos em grande estilo!
Rotaway Brasil Independência
UFC e os 110 anos da Harley-Davidson
Tags: , , , , ,