Objetos de Desejo

As 10 motos mais caras do Brasil e algumas curiosidades!

Confira a relação dos modelos mais caros de motos disponíveis a venda no Brasil.

| Postado por Twitter Google+


Como qualquer apaixonado(a) por moto, não podemos deixar de comentar as motos mais fascinantes, cobiçadas e conquentemente as mais caras do mercado brasileiro.

Entre elas temos a MV Augusta, a BMW, a Honda, a Ducati e a Harley-Davidson.

Vamos começar pelos sonhos a longo prazo… Mas bem a longo prazo hehe

Em Primeiro Lugar, temos a MV Agusta F3 Serie Oro, no valor de R$ 170 Mil. Esta moto é produzida na Itália, tem o motor de 3 cilindros de 675 cc, com 126 cv. Alguns detalhes justificam o seu preço, peças como o para-lama dianteiro e carenagens são de fibra de carbono. As rodas são de alumínio forjado de cor douradas. De 4.500 motos produzidas, no Brasil, contamos com apenas 200 unidades desta linda. Apenas um exemplar foi comercializado no Brasil.

Com o mesmo preço da F3, temos em Segundo Lugar, a MV Agusta F4 RR Corsa, no valor de R$ 170,00.  Também produzida na Itália, conta com um motor de 4 cilindros de 998 cc, com uma potência de 201 cv. Além da sua bela potência, a F4 RR recebeu equipamentos exclusivos da Öhlins como garfos dianteiros de 43 mm, multi ajustáveis, amortecedor traseiro TTX 36 e amortecedor de guidão. Segundo a fábrica, a velocidade máxima é de 297 km/h para ambos os modelos.

 

Em Terceiro Lugar, temos um Big Traill, a BMW K 1600 GTL, no valor de R$ 108 Mil. Imponente, a Alemã possui 6 cilindros, de 1.649 cc com uma potencia de 160 cv. Dizem que a tecnologia do seu painel é perfeita! As informações do computador de bordo, ajustes eletrônico da suspensão, configurações do sistema de navegação, aquecimentos dos bancos e manoplas, são configuradas todas pelo painel. Além da sua espetacular tecnologia, BMW K 1600 GLT, como uma boa Big Trail, é super confortável, possui pedaleiras mais altas, guidão menor e permite que o motociclista vá bem encaixado.

 

Em Quarto Lugar, temos uma Custom cheia de estilo, a Harley-Davidson Ultra Classic Electra Glide CVO. No valor de R$ 104.900. Esta moto, é produzida nos Estados Unidos, tem um motor V2 de 1.802 cc. A excelência do conforto! Tem pintura premium personalizada com rodas de alumínio, pesa 404,10 kg, porém, o seu conforto, permite que o piloto consiga ter o domínio perfeito da motocicleta.

 

Em Quinto Lugar, temos a BMW K 1600 GT, no valor de R$ 99.500. Cheia de estilo, a alemã tem potência de 160 cv. Se tratando de conforto, dizem que pode ser comparada a sensação de andar em uma Limusine. O motor de 1600 cc tem 6 cilindros, posicionado transversalmente no chassi. Foi um dos maiores desafios da BMW, mesmo com 6 cilindros, teve que projetar um  motor com perfil estreito para permitir maiores inclinações com a motocicleta.

 

Sexto Lugar, temos o que chamo de moto de Tiozão, a japonesa Honda GL 1800 Goldwing, no valor de R$ 92 mil. Possui um motor de 6 cilindros, de 1.832 cc, com uma potencia de 118 cv. Ela tem a fama de ser uma das motos mais confortáveis do mundo e também a mais segura. Vem com Airbag, sistema de freios ABS (antitravamento), piloto automático, espaço para bagagem e marcha ré. Se o motociclista tiver a mão pesada, chega facilmente aos 180 Km/hora. “Adorei.”

 

Em Sétimo Lugar, BMW R 1200 GS Adventure Premium, no valor de R$ 91.200. Esta BMW, impressiona pelo seu tamanho. Com freios ABS, tem um tanque de 33 litros e oferece uma autonomia de 500km, ou seja, você pode atravessar o deserto do Atacama e só abastecer 2 vezes, outro exemplo é ir do Rio de Janeiro a São Paulo, sem precisar abastecer!

 

 

Em Oitavo Lugar a BMW K 1300 R Dynamic no valor de R$ 84.900. Como as demais BMW citadas acima, esta esportiva também é produzida na Alemanha, tem 4 cilindros de 1.293 cc com uma potência de 173 cv, pesando aproximadamente 243kg. Particularmente eu não gostei muito do design dela, porém acredito que a sua força, supera qualquer expectativa.

 

Em Nono Lugar, está a Ducati Multistrada 1200 ST. No valor de R$ 83 mil. A minha predileta! Esta verdadeira Big Trail italiana, tem um motor com 2 cilindros de 1.198,4 cc com uma potência de 150cv. Um rapaz chamado Paulo Pirozzi deu a volta ao mundo com uma dessa!

Seu nome já diz tudo, a Ducati Multistrada é quatro em uma, com somente um toque no guidão, você pode selecionar o seu desempenho, Sport, Touring, Urban ou Enduro. Como se não bastasse, no momento de dar partida: não é preciso girar a chave, basta apenas subir na moto com o módulo eletrônico no bolso e acionar o botão. Na verdade, trata-se de um sensor de presença, que traz embutida uma chave usada apenas para abrir o tanque de combustível e retirar o banco. Isso é Fantástico!!

 

Enfim, o Décimo Lugar como a ultima moto mais cara do Brasil é a Ducati Diavel Carbon no valor de R$ 82.900. O nome Diavel é sinônimo de Diavolo, que em italiano, significa diabo. Este nome foi dado pelo seu visual agressivo. Esta italiana, possui um motor com 2 cilindros e 1.198,4cc com uma potencia de 162 cv. Esta moto, consegue chegar a 100 km em 3,1 segundos e superar 250 km/hora facinho.

Bem, é isso ai! Estas são as motos mais lindas e caras do Brasil! Se superam em qualidade, design e técnologia.

Eu escolheria uma Ducati Multistrada, e você?

Fotos: Divulgação.

Artigos Relacionados:

Harley-Davidson fará 110 anos em grande estilo!
UFC e os 110 anos da Harley-Davidson
Kit completo de acessórios para a Honda VFR 1200X Crosstourer
Nova Linha Honda CG para 2014
Honda CB 300R edição especial
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

  • http://www.blogalizado.com.br Evandro

    Muito bacana esse artigo, tem várias motos que eu não conhecia. Eu gosto muito da Harley Electra Glide, mas ela ainda não cabe no meu bolso…